Terça-feira, 22 de Abril de 2008

A Fé no Amor !

Hoje eu quero escrever sobre todas as pessoas, quero fazer perguntas e obter respostas, quero ver quem consegue responder a tudo aquilo q eu deixar aqui neste blog.
Falemos de amor e do tempo de espera q alguém consegue ter em relação aquela pessoa tão especial q nos invade o coração, a quem temos sempre a esperança q um dia virá ter connosco e nos fará ser feliz.







Quantos de nós temos uma pessoa q consideramos especial e q se encontra em cada curva do nosso coração, q nos faz suspirar, q nos faz sonhar, q nos pode dar aquela felicidade q sempre procurámos alcançar....e quantos de nós espera q essa pessoa venha até nós ou por estar longe ou por estar indecisa dos seus sentimentos ou até por ter medo de amar a serio.
Pensem bem...quase todos nós temos alguém assim...todos mesmo.A questão será como mede o nosso coração estas situações? Como se pode equilibrar algo q queremos mas q nunca sabemos ao certo se vai acontecer?
Eu sei q praticamente todos nós passámos por algo semelhante,  porque o amor embora complexo não se revela assim tão diferente para  cada pessoa, mudam-se uns pontos e...voilá ! Acabamos por perceber q as pessoas têm pormenores iguais a tantas outras.
Mas há uma questão q eu adorava saber de vocês....uma em especial...chamo a esta duvida a pergunta q será sempre igual para qualquer das situações de amor em q aja um impedimento...
Qual será o prazo de espera q o nosso coração estabelece? será q o prazo acaba quando deixamos de acreditar? ou teremos vontade de encurtar o prazo para não sofrer?
Penso q esta pergunta acontece em todos os casos mas a resposta vai variar de pessoa para pessoa, penso também q esse prazo muda sempre q a fé desaparece...sim...a fé na pessoa q amamos...
Se calhar a fé termina quando  deixamos de acreditar em quem amamos e não q o nosso amor por essa pessoa tenha acabado, no fundo torna-se mais fácil culpar a outra parte para deixarmos de sofrer e terminar tudo antes q a angustia nos consuma.
Mas tudo isto é um se calhar...um suponhamos...

Gostava q alguém q leia este blog me respondesse...me desse uma ideia ou até me contasse uma experiencia....afinal aquilo q temos melhor no mundo pode ser o mais complicado de entender....a fé no Amor !
sinto-me: de bem com a vida
música: Tango Chill
publicado por Lonely Wolf às 22:03
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Ana Raimundo a 29 de Abril de 2008 às 15:37
Olá, amigo! Cá estou eu novamente.
Imagina uma auto-estrada. Se um carro vai num sentido e outro noutro, como pode haver prazo de espera para um encontro entre os dois carros?
Mas, cada caso é um caso; é como num jogo de futebol: não há 2 iguais.

Agora, um dos 2 carros pode fazer inversão de marcha... Et voilá! Ou então, cada um continua o seu caminho. E como a terra é redonda, até podem mais tarde voltar a cruzar-se...

Um beijinho!









De Beruskinha a 11 de Maio de 2008 às 18:59
Ol á Amigo!
Não tenho muito jeito para escrever, mas vou tentar responder à tua questão.
O nosso coração não estabelece prazo, permanece na esperança de um dia poder entregar todo o seu Amor àquela pessoa especial. Por vezes, pode tentar-se enganar, dizendo que j á não a ama, para deixar de sofrer.
Muitas vezes não acreditamos que conseguiremos encontrar outro alguém, que nos faça feliz, porque achamos que só aquela pessoa especial detém esse poder.
Esse prazo, talvez, termine quando se encontra outra pessoa que por ter características semelhantes ao "dono" do nosso coração ou até outras que nos agradem, e por manifestar interesse em nós, nos faça despertar interesse sobre ela.
Aí o nosso coração poder á seguir na direcção deste novo amor, mas sem nunca esquecer a pessoa especial e vivendo sempre na esperança de que um dia os seus caminhos se cruzem.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Ol á Amigo! <BR>Não tenho muito jeito para escrever, mas vou tentar responder à tua questão. <BR>O nosso coração não estabelece prazo, permanece na esperança de um dia poder entregar todo o seu Amor àquela pessoa especial. Por vezes, pode tentar-se enganar, dizendo que j á não a ama, para deixar de sofrer. <BR>Muitas vezes não acreditamos que conseguiremos encontrar outro alguém, que nos faça feliz, porque achamos que só aquela pessoa especial detém esse poder. <BR>Esse prazo, talvez, termine quando se encontra outra pessoa que por ter características semelhantes ao "dono" do nosso coração ou até outras que nos agradem, e por manifestar interesse em nós, nos faça despertar interesse sobre ela. <BR>Aí o nosso coração poder á seguir na direcção deste novo amor, mas sem nunca esquecer a pessoa especial e vivendo sempre na esperança de que um dia os seus caminhos se cruzem. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Beijokas</A>

Comentar post

.mais sobre este maluco

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.recentes e antigas

. Coração arrumado...Razão ...

. Sintonias desencontradas?

. Libertação...

. Hoje entendo...

. Saudades de Ti...

. Martinez ou nem isso...?

. Um Amo-te que não esquece...

. Química reciproca...

. Afinal ainda consigo Sent...

. Outra Relação...que morre...

.bolas de nafetalina

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Março 2016

. Junho 2015

. Março 2015

. Agosto 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Julho 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Dezembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.tags

. todas as tags

.sites amigos

.Contador da Verdade

Europa Casino
casinos
blogs SAPO

.subscrever feeds